Working Holiday Visa – Como esse visto te permite trabalhar e viajar livremente pela Austrália!

Já ouviu falar no visto Australiano Working Holiday Visa?

Quando descobriu essa oportunidade, o Marcelo, que nos contou sobre sua antiga vida trabalhando dentro de um escritório em São Paulo e como sua vontade real era ter liberdade, viver ao ar livre e viajar, e decidiu montar planos para juntar dinheiro e se mudar para a Austrália.

E foi exatamente o que ele fez!

Esse visto te permite trabalhar no país por 12 meses, sendo que você pode permanecer no mesmo emprego por no máximo 6 meses. O Marcelo possui passaporte europeu, o que é essencial para esse visto já que ele não é elegível para quem só possui passaporte brasileiro. Existe uma lista de países, que você encontra nesse link, para quais países o governo australiano disponibiliza este tipo de visto.

Como os trabalhos surgem em diferentes partes do país, e você não está ligado a nenhuma escola que te impossibilite essa vida nômade, o Marcelo chegou em Sydney, passou 2 meses e agora está em Perth. Sua vida segue de acordo com as oportunidades de trabalho e sua vontade de viajar pelo país.

IMG_6398

As oportunidades de trabalham variam com o que você buscar e o que estiver disposto a fazer, desde em um escritório, como garçom e até em colheitas de plantações. Tudo isso dentro do seu primeiro ano de visto. E você pode aplicar para um segundo ano de visto, que exige 3 meses de trabalho manual, que seria o caso das plantações. Depois de trabalhar e receber seu salário, seu contratante assina um formulário mostrando o tipo de trabalho e quantas horas foram feitas. Desse modo, fica possível apresentar os documentos para o governo para tirar o segundo ano do visto.

E não pensa que os salários são baixos, pelo contrário, trabalhar em uma colheita, por exemplo, dá uma boa remuneração. O suficiente para se ter uma vida tranquila, sem luxos e curtir de lugar em lugar. O pagamento é feito normalmente cada semana ou a cada 15 dias, o que ajuda nas despesas do dia-à-dia.

Como o Marcelo nos disse:

O legal desse visto é a liberdade que ele dá de conhecer o país. Os trabalhos são sazonais, então você viaja procurando trabalho enquanto conhece lugares novos.

IMG_6015

E se quiser trabalhar em um escritório você também pode, aí seu objetivo é batalhar para que a empresa patrocine seu visto de trabalho e se mudar definitivamente para lá.

E que tal você, se inspirar nesse espírito de liberdade igual ao Marcelo, e curtir sua vida enquanto pode?

Obs.: Veja aqui as outras exigências, além de um passaporte elegível, para pode aplicar para esse visto.

Veja também:

Deixe um comentário

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked