Road Trip: dirigindo de São Paulo até o Atacama

Essa semana começamos nossa Road Trip saindo de São Paulo até o Atacama!

Foram 6 meses de planejamento, desde documentação necessária até peças sobressalentes para o carro. Estudamos leis de trânsito da Argentina e do Chile para saber quais itens e seguros são obrigatórios. Separamos os equipamentos para as trilhas e caminhadas que vamos fazer pelo Atacama e anotamos tudo isso para passar para quem quiser ver aqui pelo site.

Agora, quase tudo pronto, vamos partir logo menos nessa jornada! Para quem quiser acompanhar tudo, vamos postar regularmente na nossa conta do Instagram (segue aqui), como já estamos fazendo com a preparação, e depois vamos fazer vídeos para o nosso canal do YouTube (então se inscreve nesse também).

Para matar um pouco de curiosidade, olhem essas fotos da nossa última visita ao Atacama!

Quer ser voluntário? – Expedição de Ajuda Humanitária – Lixão Gramacho (RJ)

ONG Reviva e Arte Salva abrem inscrições para a Expedição de Ajuda Humanitária no Lixão Gramacho (RJ) que beneficiará mais de 200 moradores

Em 2012, o maior lixão a céu aberto da América Latina teve suas atividades encerradas, deixando mais de 20 mil moradores da área do Aterro Sanitário de Jardim Gramacho, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro com a promessa de melhoria e qualidade de vida. Cinco anos se passaram, e os moradores continuam sem saneamento básico, moradia e condições dignas de sobrevivência.

Como viajar sem saber falar nenhuma língua estrangeira

Veja algumas dicas de como aproveitar a viajem sem falar outro idioma:

Sair de viagem sem conhecimentos prévios de inglês ou da língua local pode ser um desafio, porém o viajante não precisa abrir mão da vontade de conhecer novos ares, pois com um pouco de planejamento e uma boa dose de jogo de cintura, até mesmo o roteiro aparentemente mais complicado pode se tornar a melhor história a se contar, quando estiver de volta. Abaixo separamos algumas dicas de como facilitar a viagem sem precisar aprender idiomas, mas se sobrar um tempinho o melhor mesmo é investir no inglês ou em uma aula de francês online. Confira!

Um ano de trabalho remoto: 12 meses em 12 cidades

RY – REMOTE YEAR

 

O que tenho ouvido ultimamente: “Tifa, estou amando suas fotos, mas o que você está fazendo?”. Hm… sempre demoro um pouco para responder isso, especialmente porque o conceito de “trabalhar remotamente” é algo relativamente novo e pouco explorado no Brasil, então vou tentar explicar o que é o programa “Remote Year”, o que ele oferece, como eu consegui unir minha vida profissional com os meus interesses pessoais e como as coisas estão indo até o momento, mas antes de mais nada acho que eu preciso me apresentar:

Hola! Me chamo Stephanie (mais conhecida como Tifa/Teté), tenho 25 anos – 26 em fevereiro, iei – sou advogada e trabalho com

Trump: imagens que representam as reações de um povo perplexo

Caos.

Uma palavra que pode definir o que temos visto no mundo ultimamente. Mas um país sempre pareceu estar em ordem, o país da liberdade. Mas agora, nem os Estados Unidos se salva do caos.

Em um mundo que precisamos de mais amor e respeito, vemos o oposto acontecendo. Em poucos dias já vemos americanos e imigrantes protestando nas ruas. O que isso vai gerar? Ainda é cedo para saber, mas não esperamos algo positivo.

God Bless America.