Estudando na Suíça em um programa internacional!

Imagine morar em um lugar com essa vista? Nada mal, né?

A Julia com certeza aprecia isso e  tudo mais que a Suíça pode oferecer!

Ela nos contou como está sendo a experiência dela, de já estar morando há um ano e meio em Zuoz, na escola Lyceum Alpinum Zuoz, e fica até o mês de Maio de 2015, quando irá se formar. Uma escola interna, com diplomas internacionais e que conta com mais de 100 anos de tradição.

Veja só o que mais ela disse:

Motivo

Queria uma experiência nova e diferente. Buscava também uma liberdade maior, apesar de morar em uma escola interna e até ter horário para voltar, tenho mais liberdade do que tinha em casa, sem tanta pressão.

Curso

Faço colegial, mas meu curso é o IB – programa internacional. É mais focado no que você quer fazer na universidade, são 6 matérias bem detalhadas, entre as matérias básicas como Química, Matemática e até Português, faço Economia que é o que eu quero estudar na faculdade.

Como você descobriu o curso?

Descobri a escola com uns amigos dos meus pais que são suíços, e é a escola que os filhos deles estudam. O diploma internacional eu já fazia no Brasil antes de ir para Zuoz. Então me inscrevi diretamente com a escola.

Como é seu dia a dia? 

O café da manhã é às 7h , as aulas começam 7h45 e dependendo do dia podem durar até às 3h ou até às 5h 50 da tarde.

O jantar é às 6h 30, e depois tem horário de estudo no quarto, das 7h 20 atá às 8h 40. Durante esse tempo não se pode sair do quarto, e alguns sites como Facebook são bloqueados para que os alunos estudem mesmo.

Após os estudos podemos sair e fazer o que quiser, com horário para voltar, às 9h 30 da noite.

O que acha de estudar em uma escola interna?

Adoro morar aqui. Moro praticamente com meus amigos e os vejo 24h por dia.

Mas também convivo muito com meus professores, eles também moram aqui. É meio estranho ainda pela cidade ser pequena, então quando saímos acabamos indo nos mesmos lugares que eles.

Mas também sinto muita falta de casa.

IMG_4844

O que faz nos finais de semana?

A cidade é bem perto de St. Moritz, o que é bom porque não tem muito o que fazer em Zuoz, já que a cidade é muito pequena.

Podemos dormir fora nos finais de semana, então vamos para balada, ou viajamos para Áustria, Ítalia ou Alemanha, que ficam bem perto de onde estamos.

IMG_5441
Zuoz – Vista da sala de aula

Um desafio?

Adaptação.

Eu sempre estudei na mesma escola no Brasil. Me mudei de país e não tinha mais meus amigos e família por perto.

E também ficar falando inglês o tempo todo. Eu estudava em uma escola britânica no Brasil, mas podia falar em português com meus amigos, aqui não. Mas isso dá para se acostumar rápido.

O que mais gosta?

Da liberdade.

Aqui as pessoas chegam e depois saem mais independentes e responsáveis.

O que evitar?  

Não chegue aqui se achando outra pessoa, seja você mesmo, senão não vai se enquadrar e depois acaba se dando mal.

Dicas úteis?

Tenha um inglês bom. Podem achar estranho se você não o tiver.

Tente fazer amigos logo no começo, seja sociável.

Aqui todos estão mais abertos a conhecer pessoas novas e fazer amizade.

Veja também:

Do país dos pubs… uma história de intercâmbio para a Irlanda

Como se tornar independente… no Canadá!

Deixe um comentário

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked