Dicas de segurança para quem vai viajar para zonas de conflito

Explorar o mundo livremente é o sonho de qualquer viajante. Mas, infelizmente, existem lugares no mundo onde conflitos culturais, políticos, econômicos, religiosos afetam a segurança daqueles que por lá passam, tanto seu povo como seus visitantes. Recentemente, temos a sensação de que o mundo inteiro se tornou área de conflito, desde os ataques em Paris eTurquia até o caos no Oriente Médio.

Além disse, causas naturais como terremotos ou furacões podem alterar o estado natural de segurança de seu destino, mas essas são causas mais isoladas.

Para terem uma ideia mais visual, veja essas imagens comparando o número de fatalidades nas zonas de conflito em 2010 e depois em 2015. 

Zonas de conflito Zonas de conflito

Independente do motivo que for, estar preparado e tomar algumas precauções é sempre importante. Por isso, separamos algumas dicas para que você possa viajar com um pouco mais de segurança:

Estar atualizado com notícias

Pesquisar antes de ir para seu destino e saber a atual situação do lugar é um bom jeito de entender o que você precisa tomar cuidado e se manter atento para novidades.

Twitter

Sim, essa é a fonte de notícias mais rápida que existe. Para pesquisar nele, use os hashtags com os nomes da cidade onde vai e leia as últimas notícias e tweets sobre o que está acontecendo no local. Tente também seguir jornalistas e repórteres que podem postar informações valiosas para a sua viagem.

Além disso, tente seguir as contas mais ativas de canais de televisão ou fontes de notícia do local.

Liveumap

Esse site foi criado por jornalistas e desenvolvedores de software em 2014 para cobrir os conflitos na Ucrânia. Hoje, o mapa mostra atualizações diárias em mais de 30 regiões do mundo, incluindo Europa. A diferença dele está em seu nível de detalhes, falando sobre protestos, conflitos e desastres.

Uma boa ideia é seguir a conta deles no Twitter e não perder nenhuma atualização. @liveuamap

Notícias Google

Apesar do Twitter ser uma plataforma muito rápida, não são todos os canais de mídia que o utilizam. Coloque no Google o nome de seu destino e veja as últimas notícias sobre ele.

Pergunte para pessoas

Tente descobrir pessoas que estiveram recentemente no lugar em que você está destinado e entenda a opinião deles e suas dicas. Entenda também a situação em que essa pessoa viajou. As vezes, ficar seguro dentro de um hotel ou resort não representa a mesma situação para quem está mochilando ou acampando.

Tente sempre usar mais de uma fonte. E para conseguir mais contatos, descubra grupos de viajantes que compartilham informações.

Wikitravel

Um projeto que visa criar um guia mundial de viagens. Quando um país ou local é pesquisado, o item seguridade é falado, explicando os pontos mais comuns de segurança que um viajante deve se preparar.

Spot Gen3

Esse é um recurso que pode ser utilizado como segurança e modo de informar quem acompanha sua viagem que está tudo bem (ou seja, para avisar a sua mãe que você está vivo).

Esse pequeno aparelho possui sinal por satélite, um botão de ok que registra em um mapa sua localização e mostra que você está bem possibilitando outras pessoas a acompanhar sua viagem pela internet, e também um botão de SOS para emergências, onde seus contatos de emergência serão acionados e também as autoridades locais.

Dica: dá pra comprar na Fnac

gen3_product

 

 

Esses são alguns meios para se manter mais seguro na sua viagem. Se você tem mais dicas sobre esse assunto, divida conosco!

Deixe um comentário

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked