Como montar um roteiro de viagem para uma cidade que não conhece

Programar uma viagem pode ser tão divertido quanto a própria viagem. É uma parte essencial definir os lugares que quer ir, restaurantes que quer comer e passeios turísticos que acha que serão de grande valor cultural ou apenas do seu interesse.

Mas como saber o se pode fazer em seu destino se você nem se quer chegou lá? Bom, isso exige um pouco de trabalho sim, mas é a melhor forma de se preparar para aproveitar sua viagem e seu dinheiro. O que lhe ajuda muito hoje, para descobrir tudo que vai querer fazer na sua viagem, é internet.

Informações estão disponíveis sempre para você. Uma sugestão (não é na internet mas é boa) para iniciar o cronograma da sua viagem, é utilizar guias visuais que falam dos pontos turísticos mais importantes de cada lugar, os restaurantes mais renomados, tem um pouco de história, mapas e até contatos importantes como websites da própria cidade que foram criados para atender turistas e contar tudo que está rolando na cidade. Um exemplo de um website oficial de cidade aqui e de um desses guias:

EW_SanFran_Jacket_2013.indd

Agora que você já leu um pouco sobre o seu destino e sabe mais dos programas que quer fazer, é hora de partir para a internet e quais canais pesquisar:

  • Grupos de viagem no Facebook: existem diversos grupos que dividem dicas e informações de viagem. Mande perguntas e peça indicações do que fazer na sua viagem.
  • YouTube: agradeça aos bloggers que vivem viajando o mundo e montando vídeos e conteúdo sobre suas experiências. Eles dão dicas incríveis e ainda é um jeito de você já montar uma imagem do que vai ver. Já falamos aqui no Go Along de dois irmãos que viajam o mundo como profissão e montam vídeos para seu canal do YouTube, veja aqui.
  • Pinterest: se ainda não explorou esse canal, vai se surpreender! Ele tem milhares de dicas de viagem, de cidades, comidas e muito mais.
  • Google: é claro que não tem como deixar de “fazer um Google”. Nele você pode descobrir blogs e websites com dicas, programação, eventos especiais e tudo que possa imaginar.
  • Aplicativos: existem aplicativos grátis de celular que de dão dicas de viagem. Veja aqui.
  • Trip Advisor: ótimo para descobrir lugares, programas, restaurantes e hotéis através da avaliação de outros viajantes. Mas o segredo aqui é sempre ler as avaliações escritas e ver as fotos publicadas pelos próprios usuários.
  • Airbnb: caso não queira ficar em um hotel para ter a experiência de ficar em uma casa ou apartamento e viver mais como um local. Mas certifique-se de que a localização escolhida é boa para evitar custos desnecessários de transporte.

Agora que já sabe todos os programas que quer fazer, monte um calendário com o que vai fazer em cada dia, faça as reservas que são necessárias e se puder compre tickets de passeios para evitar filas. Certifique-se também de que os lugares que deseja ir estão abertos no dia que você programou, para não bater de cara na porta e perder um tempo valioso.

Outra dica, é pesquisar por atividades em cidades próximas. Já imaginou que existem passeios fora da cidade, que estão a pequenas distâncias e valem super a pena? Por exemplo, se você for para Paris, considere ir um dia para Versailles. Ou se você vai para cidades muito pequenas que não possuem muitas coisas para fazer, pegue um trem para uma cidade perto (só a viagem de trem já é uma experiência incrível) ou alugue um carro e descubra lugares vizinhos com programas legais.

Deixe tudo de forma organizada, com horários, agenda e até custos estimados de cada atividade. Também deixe algum tempo livre, para explorar a cidade e descobrir coisas espontaneamente.

Concluindo, se imagine como sua própria agência. Seja exigente com as informações e programação. Imprima tudo e leve tudo em uma pastinha. Esteja preparado e viaje de forma inteligente.

Chegando lá, aproveite bastante e já vá sonhando com a próxima viagem!

Deixe um comentário

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked