Antes dos terremotos, ela foi voluntária em uma escola no Nepal

Esse ano, o mundo presenciou um grande desastre natural que atingiu o Nepal. Uma destruição sem recuperação em um local que carregava uma história centenária.

A Maria Luiza, foi voluntária lá em Outubro de 2014, durante um mês e meio, antes dos terremotos acontecerem. Com tudo que ela nos contou, vemos que esse povo oferece muito mais do que seu patrimônio histórico, eles possuem uma sabedoria de vida que não se acha em qualquer lugar.

Em sua primeira viagem internacional, ela buscou um programa diferente e descobriu esse no Nepal pela Aiesec de Passo Fundo. Ela seria professora de inglês para crianças até 3 anos de idade na Orchid Garden Nepal.

Veja o que mais ela nos contou:

Ela passou 5 semanas como voluntária no Camboja trabalhando em uma escola

Conversar e entrevistar jovens aventureiros que viajam pelo mundo é o melhor modo de descobrir informações sobre a vida fora do Brasil.

Além de serem histórias inspiradoras, podemos repassar dicas para outras pessoas que também queiram viver algo parecido.

Hoje, falamos com a Ana Paula, que passou 5 semanas no Camboja trabalhando com crianças carentes em uma escola, sendo professora de inglês. Ela mostrou, que além de sua vontade de ajudar ao próximo, que existem diversas pessoas e organizações que podem te ajudar nesse processo, por simplesmente saber da importância de ser voluntário.

Veja o que mais ela nos contou!

Seguindo a cultura da sua família, como é morar no Líbano estudando Psicologia

A conversa de hoje envolve não só a formação de um jovem mas também sua cultura e história. Falamos com a Yassmin, 20, que em 2013 se mudou para o Líbano para cursar Psicologia na Universidade Americana do Beirute (AUB).

Sua família é libanesa, ela possui família em Beirute, inclusive. O que ajudou na escolha de onde estudaria.

Quando ainda estava no colegial sua ideia era estudar Propaganda, mas com o tempo, foi pensando que gostava mais do lado psicológico da propaganda do que ela por si só. Então, um dia

6 aplicativos para você baixar quando visitar o Japão

Recentemente o Go Along contou a história da Lina e sua experiência de 1 ano morando no Japão, estudando e trabalhando. Além de tudo bacana que ela nos contou, anotamos também os aplicativos que ela usa lá em seu dia a dia e indica para quem visitar o país, mesmo que por turismo.

A experiência de viver 1 ano no Japão, trabalhando e estudando

A matéria de hoje vai nos levar para longe, para o outro extremo do planeta: Japão!

Falamos com a Lina, 20, que está morando, estudando japonês e trabalhando como modelo em Tokyo desde Junho de 2014.

Desde os 8 anos de idade, ela tinha um grande interesse pelo Japão, sua cultura e tradição. Com essa vontade de saber mais sobre esse país oriental, ela se mudou para lá para aprender a língua japonesa e ver como é viver no meio de um povo tão diferente do brasileiro.