7 coisas que não podem faltar no seu carro em uma Road Trip

Estamos falando bastante sobre a viagem de carro de São Paulo até San Pedro de Atacama. Já contamos algumas coisas específicas sobre esse roteiro, mas o post de hoje serve para qualquer rota que você fizer.

Levar algumas coisas no carro vão ajudar seu trajeto e até deixar a viagem mais proveitosa.

1 – Celular e rádios

Bastante óbvio, né? Eu sei… mas o celular ajuda muito em uma viagem, não somente por usarmos o GPS, mas poder descobrir restaurantes, hotéis, postos de gasolina, pontos turísticos e todas as informações que ele possibilita acesso. Além de poder usar apps que salvam todo seu roteiro.

A dica é prepará-lo para a viagem, com todos os aplicativos que imagina poder usar. E baixar tudo antes mesmo, porque se perder sinal durante o caminho, não vai se preocupar em ter de baixar algo quando resolver usar.

Se a sua viagem tiver uma turma maior, com 2 carros ou mais, indicamos bastante levar rádios para poder se comunicar pelo caminho. Eles facilitam muito para combinar paradas, avisar sobre obstáculos na pista, trocar informações, bater papo a até alertas sobre situações pelo caminho.

Não precisa ser nada profissional, esse foi o que utilizamos:

 

2 – Carregadores

Quanto maior sua rota, menos tempo parado em um hotel você tem para carregar todos os seus equipamentos (rádio, celular, câmeras, skyroam e etc). Então leve os adaptadores para a tomada de carro e arrume um estojinho com os cabos que precisa. Deixe dentro do carro, com fácil acesso, e vá carregando tudo durante o caminho.

3 – Lixo e papel

Pessoal, durante o caminho vamos consumindo comida. Ter um lixinho é muito bom para jogar embalagens ou restos de frutas. Não vamos jogar nada na estrada, certo? Isso é coisa que não podemos mais fazer mais com nosso planeta além de ser bastante ignorante. E isso vale para todos os dias no carro, não somente em uma viagem.

E o papel vale bastante para as meninas. Infelizmente, os banheiros de postos são bem sujinhos e muitas vezes não tem papel. Ou até são tão sujos que a parada no matinho é até melhor. Então tenham sempre papel higiênico ou papel de assoar o nariz, por exemplo. Pode ter certeza que serão úteis.

Uma coisa a mais que vale é o álcool gel. Também não conte com pia ou sabonetes.

4 – Dinheiro e documentos

Deixe uma pasta com todos os documentos necessários para sua viagem. Desde seguros, carteiras de motorista, passaportes, autorizações, documentos do carro e tudo mais. Na nossa viagem, fomos parados muitas vezes pela polícia. Ter tudo organizado ajudou a que essas paradas fossem rápidas e tranquilas.

E o dinheiro vale principalmente para pedágios e o postos de gasolina. Quando passamos pela Argentina na nossa viagem, muitos postos não aceitavam cartão de crédito e passamos por muitos pedágios. Não espere para entrar no país seguinte sem dinheiro da moeda local, pois não necessariamente você vai encontrar uma casa de câmbio.

5 – Música

Sempre falamos que em preparar o Spotify para a viagem, baixando playlists e tal. Mas tudo o que baixamos no foi suficiente. Primeiro que a maior parte do caminho você fica sem sinal, então não dá pra ouvir nada offline. E segundo que depois de ouvir 10 vezes a mesma música você não vê a hora de ouvir algo novo ou um estilo diferente.

A dica é baixar várias playlist e vários estilos de música, como: jazz, blues, pop, rock, country, reggae, sertanejo e assim vai. Quanto mais coisas conseguir baixar para ouvir offline, melhor.

6 – Água e comida

Muitas vezes a “próxima parada” demora para aparecer. Então ter comida  e água no carro é essencial.

Uma dica é levar as garrafinhas no carro e encher de água no hotel durante o café da manhã. Tínhamos normalmente 1,5L de água por pessoa e comprávamos mais durante os abastecimentos.

Também levamos uma geleirinha no carro. Para levar chocolates, barrinhas, sanduíches e frutas. Lembre que você vai depender muito de “comida de posto”, que não são comidas leves ou saudáveis, então, prepare sua geleira com sanduíches e bastante comida boa. Só veja o que pode passar pelas fronteiras caso for atravessar mais de um país (no Chile não podia entrar com carne, por exemplo).

Além disso, leve alguma coisa para colocar gelo de uma forma que quando ele derreter, não estrague sua comida. Também pegávamos gelo no hotel.

7 – Skyroam

O hotspot que ajudou muito ao atravessar 3 países. No Brasil não usamos pois tínhamos sinal nos celulares, mas durante Argentina e Chile, ele nos guiou muito, deu ótimas informações e ainda nos tirou de algumas situações chatinhas (como a rota sumir do GPS no meio do nada e o wifi ser o único sinal disponível)

Esse aparelho fornece wifi para 5 aparelhos simultâneos e funciona em mais de 100 países. Veja aqui nesse outro post como ele funciona.

 

 

Deixe um comentário

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked